Não existe cliente chato

Essa afirmação pode trazer em você que está lendo uma expressão de negação ou de dúvida. Toda empresa tem aquele cliente que desde a prospecção reclama de tudo, nada está bom, nenhuma solução está à altura e ele acaba desgastando toda a equipe.

Mas você já imaginou que essas são pessoas com vidas corridas, com diversos problemas pessoais e profissionais e que têm muita tensão sobre os seus ombros? E isso as torna ranzinzas, chateadas, e até mesmo ditas chatas!

Mas é importante que nessas situações exista uma equipe preparada desde o atendimento até o suporte dispostas a entender e atender essas pessoas com simpatia e empatia. Ter certeza que o cliente pode mudar o jeito de reagir conforme a equipe muda a abordagem, desde a venda até o caminhar dessa pessoa com a administradora.

O que mantém um cliente interessado e fidelizado não é somente o serviço da sua administradora ser bom ou ruim, e sim como ele é tratado. Muitos desses síndicos e gestores só querem um pouco de atenção, um bom dia ou boa tarde e isso muda totalmente o modo como ele vai ver e interagir com a sua administradora.

Trate o seu cliente como um ser humano que tem as suas complexidades e particularidades. Não somente como alguém que vai te render lucro, até por que se ele se sentir nessa posição, não será um cliente seu.