Boleto bancário: o que é, como funciona e como emitir

Você sabe exatamente o que é um boleto bancário e como ele funciona? E como emitir um boleto? Confira agora os detalhes sobre esse título de cobrança!

O boleto bancário é uma das formas mais seguras para cobranças e por isso é uma das mais utilizadas no país. Isso se deve porque os boletos facilitam o comércio tanto para as empresas ou prestadores de serviço, como para os destinatários, pois o prazo para pagamento pode ser maior e o emissor recebe a quantia referente no boleto.

O que é boleto bancário?

É um título de cobrança pagável em instituições ou estabelecimentos conveniados até a sua data de vencimento. Contudo, alguns boletos podem trazer instruções de quitação mesmo após o vencimento discriminando acréscimos, como juros, multas, isso irá depender do documento e da empresa emissora.

Há um tempo atrás, só havia a opção de liquidar os boletos em agências bancárias, mas, com a evolução da tecnologia e crescimento dos convênios o pagamento pode ser feito também em postos dos Correios, caixas eletrônicos, casas lotéricas e pela internet — o que torna o pagamento mais rápido pois pode ser feito até mesmo em casa.

Como funciona o boleto bancário?

A empresa ou prestador de serviço emite o boleto e envia para o destinatário no endereço cadastrado, ou, como é muito comum hoje em dia, o envio pode ser feito até mesmo por e-mail. É recomendado o envio do boleto com no mínimo 5 dias úteis antes da data de pagamento — mas isso não é uma regra. A emissão pode ser feita por pessoa jurídica ou pessoa física por meio de softwares ou terceirização desse serviço para uma instituição bancária. Desse modo, o banco receberá o pagamento e repassará o valor na conta da empresa ou prestador de serviço, esse processo ocorrerá dentro do período acordado no contrato, havendo o débito da taxa ou percentual pelo serviço.

Como emitir um boleto bancário?

Como já falamos, para a emissão de boletos bancários é necessário que a empresa ou prestador de serviço faça um contrato com um banco pois são os donos de carteiras de cobrança. É necessário também uma ferramenta, existem sistemas da própria instituição bancária, softwares incorporados a um ERP — que é um sistema de gestão empresarial, além de outros programas para gerar boleto.

E taxa condominial via boleto bancário, funciona?

Esse é o método de pagamento mais utilizado para a cota condominial, em razão de ser mais prático, o que pode ajudar na redução da inadimplência dentro do condomínio.

Todos sabem que a tecnologia está em constante evolução, a geração de boletos dentro dos condomínios não iria ficar para trás. O Sivirino.com é um exemplo dessa tecnologia por ser uma ferramenta completa para gestão de condomínios, inclusive na geração de boletos. Com poucos cliques é possível gerar boletos para todos os moradores, é simples, fácil e ágil. Clique aqui e conheça mais!

Esse conteúdo foi útil para você? Se gostou, compartilha! E não esqueça de deixar um comentário deixando a sua opinião.